quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

New Jazz Soul Black

Não sei se elas cantam jazz, soul, R&B ou black music. Só sei que sempre imaginei um quarteto assim: Duffy na primeira voz, Corinne Bailey Rae nos contraltos, Dionne Bromfield nos tenores e Amy Winehouse nos baixos. Como já falei da Amy aqui e sei que todo mundo já ama, etc, reservei este post pra apresentar os últimos discos das outras três.


Dionne Bromfield - Introducing Dionne Bromfield
Ela tem 15 anos e poderia ser mais uma cantora teen que concorre ao prêmio Nickelondeon e faz playback nos shows. Mas ela é afilhada da Amy Winehouse (e aqui permita-me abrir um belo de um parênteses, porque, né? Que mãe em sã consciência escolhe alguém como a Amy pra ser respónsável por sua filha se algum dia ela ficar órfã?).  E parece que a madrinha tem encaminhado muito bem a carreira musical de Dionne. Já no seu primeiro álbum a garota emplacou clássicos como He's So Fine e Ain't no Mountain High Enough.


Corinne Bailey Rae - The Sea
Corinne explodiu por aqui depois que Put Your Records On entrou na trilha de Páginas da Vida (novela do Maneco de 2006). Nesse ano ela lançou seu segundo disco, o íntimo e sofisticado The Sea, deixou de lado a pegada pop e carregou nos vocais. E que vocais! Sua voz deveria ser presa por atentado ao pudor. Closer é uma das músicas mais sexys que já ouvi e The Blackest Lily tem qualquer coisa de muito malvada.


Duffy - Endlessly
Confesso que a voz da Duffy não é pra qualquer um e o timbre extremamente agudo pode incomodar. Mas se o primeiro álbum dela enjoava depois de uma terceira reprodução, o mesmo não acontece com Endlessly. Aqui, além das baladas, Duffy surpreende com violinos, baixos e uma batida um tanto agressiva. O que dizer da abertura de Keeping My Baby e de Well, Well, Well (o clipe mais charmoso do ano)?

4 comentários:

Luiza disse...

Já comentei com você que viciei no cd novo da Duffy e ainda mantenho esse amor todo por ele. Quanto a Dionne Bromfield, nunca escutei, mas confio no seu gosto e vou dar uma chance a ela. Ah, concordo quando vc disse que a voz da Duffy não é pra qualquer um. Realmente, eu mesma no começo me irritava, mas ai....é tão boa que no final vicia! rs :P

Gabriela Petrucci disse...

Com a Corinne o santo nunca bateu direito, não sei porquê.
Agora, a Dionne Bromfield é uma das minhas descobertas de 2010, haha. Ouvi muito pelo Youtube, porque não encontrei pra baixar, aí com a correria do cursinho e preparativos pro vestibular, o tempo no computador foi diminuído e eu já tinha até esquecido dela. Vou correr lá pra baixar! :D


Beijos

Isaque Criscuolo disse...

O que dizer da voz da Duffy? Mágica, apesar da estranheza inicial.
Parece uma voz desafinada, mas única e que logo te leva pelas batidinhas maravilhosas de suas músicas. Simplesmente amável.

Bianco Tavares Winehouse disse...

Amy Winehouse a melhor voz feminina que ja ouvi na minha Vida. Amy era diferente de todas pois ela, cantava com a alma, ela não nos deixava ouvir a sua respiração! Canta muito Amy Winehouse eterna Diva do Jazz♥

Duffy eu a adoro, Ela canta muito e sua voz não me irrita!

Corinne Billy Rae me Encanta ela é suave e meiga, muito Linda Encantadora!

Dionne Bromfield Canta muito ela tem um Vozerão a la Amy... tem 15 anos e ja canta asim imagine quando ela tiver uns 25 anos vai arrebentar mais ainda.....