terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Esmola Demais


Vocês podem medir a minha felicidade pela quantidade de músicas que eu canto por dia. E assim... Tenho cantado muitas! Semana passada resolvi gravar Love On Top e ir subindo de tom tal qual dona Beyoncé. E hoje fiz a marotice de postar um vídeo no YouTube cantando Maroon 5, que foi uma banda que nunca me interessou. Mas calma, posso explicar. Passei na UnB, que é uma coisa que tenho tentado desde 2009, tô fazendo um curso delicioso de cinema e ainda vou ter um mês de férias pra curtir carnaval e entrega do Oscar. Tenho ou não tenho todo o direito de cantar?

O problema é que sempre rola aquela desconfiança, né? De achar que não é possível, uma vida que esteve completamente cagada nos últimos meses, de repente ficar bacana... Certeza que o destino deve estar tramando alguma coisa bem barra pesada pra compensar esses dias de alegria.

Talvez um câncer nas cordas vocais.

8 comentários:

Manuel disse...

curti.

Larie disse...

Veeelho, você tem uma voz tão bonita! *-* Também me dei ao luxo de ouvir seus covers no seu canal do youtube. :) Sensacional, tô besta com sua voz aqui. Grave mais. \o/
Você faz aula? =]

Beijos!

Gabriel Leite disse...

Oi Larie,
obrigado. Eu canto só de brincadeira mesmo, nunca fiz aula nem nada, mas tenho vontade.

E você? Canta?

Nicole disse...

Puta que pariu, Gabriel, tá reclamando do que?!

Vou dar um tapa na cara desse seu pessimismo!

Btw, sua voz é linda :)
bjs

;-) disse...

Ah, Gabriel... eu disse que não comentaria mais por aqui, mas não irei resistir. Você é uma fofura.
E parabéns pela conquista. Cante mesmo!
Abraço,

Matheus Rufino disse...

happiness is a warm gun

Guilherme Amorim disse...

Adoro o que voce escreve. Mas poderia ser com mais frequencia. Eu me sinto carente quando voce ou a Juliana Cunha não escrevem. Entro, vejo o mesmo post de 3 dias atras e me dá uma pontada no coração haha

Moonday Rain disse...

Eu ri, um câncer nas cordas vocais rs.
Quem canta os males espanta, como vovó dizia, e continue cantando que não tem nem para o câncer rs.
A vida sempre acha um equilíbrio, mas quem sabe essa sua felicidade não seja o equilíbrio da merda dos últimos meses? Bom, que seja, para o que der e vier, para o que a vida trouxer, a gente vai estar aqui mesmo, sentado esperando feito um otário, então é melhor curtir quando ela dá uma trégua.